E-learning no Processo de Ensino e Aprendizagem Presencial: Um Estudo de Caso na Universidade Católica de Moçambique

Simone Mura, Feliciana Eduardo

Resumo


Este artigo tem por objectivo avaliar o nível de implementação do e-learning no processo de ensino e aprendizagem presencial nas Faculdades e Extensões da Universidade Católica de Moçambique (UCM) e tem como foco: i) identificar as Unidades Básicas (UBs) que integram o e-learning, ii) identificar as oportunidades e as limitações da integração do e-learning nas UBs, iii) avaliar a organização e implementação do e-learning nas UBs. O estudo assumiu uma abordagem mista de recolha e análise de dados estruturada em duas partes i) qualitativa, fundamentada num processo de análise documental; ii) quantitativa, com base num questionário online que teve por objectivo auscultar as experiências do e-learning nas UBs. Os resultados do estudo mostram que a maioria (sete) das doze UBs leccionam cursos em modalidade e-learning, mas limitadamente a nível de mestrado e doutoramento, somente uma a nível de licenciatura. O e-learningé principalmente implementado como apoio do ensino presencial onde as plataformas digitais têm função de repositório e envio dos trabalhos. A nível organizacional e cultural ainda não existe uma institucionalização e uma visão aceite sobre a implementação do e-learning. A maioria das UBs, apresentam a falta de confiança como causa de não implementação de cursos em modalidade de e-learning em geral ou a nível de licenciatura.

 

Palavras-chave: e-learning; ensino superior; processo de ensino e aprendizagem; sustentabilidade.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.