Filosofia e «Cultura Moçambicana»

Miguel Moto

Resumo


A filosofia é aquela ‘’busca do saber’’ da parte do homem visando melhorar o conhecimento sobre aquilo que está em volta de si e criar instituições que possibilitem uma vida melhor. Neste artigo procuramos demonstrar que a cultura é produção espiritual e material do homem dentro de uma Comunidade e como tal identifica essa mesma comunidade (Cassierer 1968. Herder 1971). No nosso entender na cultura estão expressas todas as dimensões antropológicas do homem, a dimensão existencial, intelectiva, decisória e Accional. A filosofia intervém e acompanha o processo de formação cultural do homem através da assimilação daqueles valores que contribuem para a sua plena realização. Partindo das noções subjectivas e objectivas da cultura, este artigo procura fazer uma leitura da relação entre filosofia, como saber consciente do homem e cultura como fruto da inteligência do homem. Na leitura filosófica é possível notar os fundamentos da cultura, suas características e concluir que Moçambique é um conjunto de culturas e nenhuma pode reclamar a supremacia em relação com a outra, mas apenas uma complementaridade e o princípio de complementaridade pode ser usado também na relação com as outras culturas que vem de fora de Moçambique. O critério metodológico para o estudo filosófico de uma cultura moçambicana passa necessariamente na resposta às perguntas: até que ponto ela responde as condições da existência do homem? Responde inteligentemente as suas decisões e as põem em prática através das suas acções?

Palavras-chave: Filosofia, cultura e fundamento.

Abstract Philosphy is that ‘search for knowledge’ by man which aims to improve our knowledge of what is around us and create institutions which make a better life possible. In this article we aim to demonstrate that culture is a spiritual and material product of man within a community and as such identifies with the same community, (Cassierer 1968. Herder 1971). Our understanding of culture is of a space where all the anthropological dimensions of man are expressed, be they existential, intellectual, decisive and actional. Philosophy intervenes and accompanies the process of man’s learning through the assimilation of those values with contribute to his full realization.  Starting from the subjective and objective concepts of culture, this article aims to study the relation between philosophy as man’s conscious knowledge and culture as the fruit of man’s intelligence.  A philosophical reading makes it possible to see the foundations and characteristics of culture, and thereby conclude that Mocambique is a group of cultures and none can claim to be superior to any other. Only complementarity and the principle of complementarity can be used also in relation with other cultures which come from outside Mocambique. The methodological criteria for a philosophical study of a Mocambican culture by necessity transfers to  answers to the questions: how far does culture respond to man’s existence? Does it respond intelligently to its decisions and put them into practice through its actions?

Keywords: Philosophy, culture, reason


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.