TEORIAS DE REDUÇÃO DA POBREZA E INICIATIVAS E RECURSOS LOCAIS – ESTUDO DE CASO DE GORONGOSA

Alfandega Manjoro

Resumo


O presente artigo procura, a partir da convocação de teorias sobre a redução da pobreza, dar conta de um estudo, realizado no âmbito do doutoramento. O estudo foi realizado no Distrito de Gorongosa. O governo moçambicano tem elegido a redução da pobreza como uma das suas prioridades. É neste contexto, que se inscreve este artigo. Assim, após a apresentação dos principais elementos que estruturam o Índice de GINI de Moçambique, um instrumento que mede a situação sócio-económica entre pobres e ricos, o estudo aborda o conceito de pobreza, em Moçambique, privilegiando um olhar complexo e até paradoxal, uma vez que, sendo Gorongosa um Distrito rico em recursos locais, no entanto, a maioria dos seus habitantes revelam graves dificuldades financeiras, não conseguindo pagar as suas despesas relativas a bens essenciais, para viver no seu quotidiano. A situação é, ainda mais grave, pelo facto de as perspectivas económicas, em Moçambique, apontarem para um crescimento médio de cerca de 7,4 %, mas este crescimento não se reflecte no melhoramento da qualidade de vida das populações mais desfavoráveis, que, em Moçambique, abrange a maioria da população. Quanto à opção metodológica, recorreu-se à abordagem qualitativa, dado que a problemática, em estudo, carece de aproximações sucessivas à realidade concreta das pessoas. Sendo uma matéria sensível, importa dar conta dos sentidos de quem vive afectada por esta situação de pobreza, sobretudo em meio rural, como é o caso de Gorongosa.


Palavras-Chave: teorias da pobreza, comunidades rurais, economia africana, recursos locais.

Abstract
In this paper I attempted to elucidate how competing theories of poverty reduction mould antipoverty strategies with a focus on the rural district of Gorongosa. The Mozambican Government has drawn poverty reduction as one of its priority. It is therefore very important to know beforehand which theory of poverty being addressed is responsible for the current state of affairs in the rural district of Gorongosa, in the province of Sofala. The researcher starts by giving an outline on the gini index of Mozambique which is an important indicator between the poor and the rich in the same society. The   concept of poverty in Mozambique should be looked at from various angles given its complexity and calls attention to the paradox, as Gorongosa is rich in resources but has absolutely nothing to show on the ground as locals struggle to m make ends meet.  What makes matters worse is that according to the Mozambique African Economic Outlook the country has been experiencing growth averaging about 7.4% but there is very little to write home about as this positive development has failed to cascade to grassroots level.  The methodology which this researcher adopted was the qualitative research methodology and the researcher made an effort to illustrate existing gaps as no single theory can fully account for the rural poverty in Gorongosa. There is need to develop new  theories that fully account for the rural poverty of Gorongosa.


Key words:  theory of poverty, Culture of poverty, rural communities and African Economic.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.