DESAFIOS DA UNIVERSIDADE NUM MOMENTO DE ALEGRIA E DE CRISE*

Brazão Mazula

Resumo


O presente artigo inscreve-se no contexto de uma conferência proferida no II Congresso Internacional da Universidade Católica de Moçambique. O principal propósito do mesmo visa realizar uma aproximação à temática do Congresso ““O Papel da Universidade no Processo de Pacificação, Reconciliação, Democratização e Desenvolvimento da Sociedade”. Assim, centrando-nos, particularmente, no sub-tema “Paz”, procuramos traçar um percurso difícil, pois, falar de Paz é falar de algo muito significativo para Moçambique. É, e tem sido, uma busca permanente, como acontece em muitos outros contextos. Todavia, no nosso contexto, a Paz é ainda uma realidade em devir permanente, desafiando-nos a todos: políticos, académicos e sociedade civil.  Queremos, ainda, convocar um outro olhar sobre a Paz: o olhar do Evangelho de Jesus Cristo. Para Este, a busca da paz é uma missão que é dada a todo homem que quer ser chamado filho de Deus; mas a condição maior que Cristo estabelece para alguém entrar no Reino do Céu é a de ser pacificador. Por conseguinte, a Paz acontece quando cada um, no seu dia-a-dia, vive numa condição de pacificador. Talvez seja este o maior desafio que se nos coloca, sem menosprezar a dimensão política de que se reveste esta temática. No contexto deste artigo, ganha especial relevância o papel da universidade como agente de promoção da Paz e da Reconciliação.
Palavras-chave: universidade, paz, política, pacificação, reconciliação e experiência cristã.

Abstract
This article is the result of a public lecture given at the Second International Congress at the Catholic University of Mozambique. The main purpose of the lecture was to be in consonance with the main theme of Congress namely, "The Role of the University in the process of pacification, reconciliation, democratization and development of society". Paying particular attention to the sub-theme of "Peace", the article considers this to be a difficult task because to talk about peace is to talk about something very significant to Mozambique. It is, and has been a permanent quest, as in many other contexts. However, in our context, peace is still a reality in permanent becoming, challenging all of us: politicians, academics and civil society. There is need for each and every person to have a different understanding of Peace: we need to look at the Gospel of Jesus Christ. From this perspective, the search for peace is a mission given to every man and woman who intends to be called Son or Daughter of God; but the condition that Christ establishes for someone to enter the Kingdom of Heaven is to be a peacemaker. This implies that Peace happens when everyone in his day-to-day endeavors is always making peace with others surrounding him. This means that without underestimating the political dimension covering this topic, this is perhaps the greatest challenge we need to be facing every day. In the context of this article, the university as an agent that promotes Peace and Reconciliation gains special relevance.
Keywords:  university, peace, political, pacification, reconciliation and christian experience.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.