Relação entre Quantidade, Qualidade e Procura no Abastecimento de Água para Consumo Humano na Autarquia de Nacala - Porto, Província de Nampula

Valdemiro Pitoro

Autores

  • Universidade Católica de Moçambique

Palavras-chave:

Abastecimento de água, qualidade de água, tratamento de água, resíduos líquidos

Resumo

O Município de Nacala-Porto (província de Nampula, Moçambique), depara-se ciclicamente, com deficiências no abastecimento de água para consumo humano. Porém, a água, representa uma estrutura vital para os seres vivos.  Em vista a aferir a relação entre a quantidade de água disponibilizada, qualidade e demanda no abastecimento de água para consumo humano na autarquia, realizou-se um estudo exploratório em três bairros da urbe (Mocone, 25 de Setembro “Ontupaia” e Triângulo “Nicandavala” - Posto Administrativo de Mutiva), através de um inquérito por questionário a 60 famílias (20 por bairro), bem como se procedeu à observação sistemática da qualidade e dos mecanismos de abastecimento. Com base em critérios definidos pelo Regulamento dos Sistemas Públicos de Distribuição e Drenagem de Águas (relação entre a quantidade de água disponibilizada por família por dia e a quantidade de água diária requerida por família, em função do número de membros do agregado ), a avaliação permitiu verificar que os serviços de abastecimento de água, se mostram muito aquém daquilo que são as necessidades ou requisições diárias, prova disso é que, o nível médio de satisfação em relação à água para o consumo humano nas três comunidades encontra-se em torno de 30%.

Ficheiros Adicionais

Publicado

10-11-2022

Artigos Similares

1 2 3 4 > >> 

Também poderá iniciar uma pesquisa avançada de similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)

<< < 12 13 14 15 16 17 18 19 > >>